Home
História da Quadrangular
Cultos on-line
Pedidos de oração
Estudos Bíblicos
Galeria Fotos

Radio Ieqpari

Facebook

Fale conosco

Em memória Pr. Jonas da Lapa

Localização



Cultos On-line - Texto

Guerra territorial ou espiritual?


1 Samuel 4:4-10

4 Quando a arca da aliança do Senhor entrou no acampamento, todos os israelitas gritaram tão alto que o chão estremeceu.
5 Os filisteus, ouvindo os gritos, perguntaram: "O que significam todos esses gritos no acampamento dos hebreus? "
6 souberam que a arca do Senhor viera para o acampamento,
7 os filisteus ficaram com medo e disseram: "Deuses chegaram ao acampamento. Ai de nós! Nunca nos aconteceu uma coisa dessas!
8 Ai de nós! Quem nos livrará das mãos desses deuses poderosos? São os deuses que feriram os egípcios com toda espécie de pragas, no deserto.
9 Sejam fortes, filisteus! Sejam homens ou vocês se tornarão escravos dos hebreus, assim como eles foram escravos de vocês. Sejam homens e lutem! "
10 Então os filisteus lutaram e Israel foi derrotado; cada homem fugiu para sua tenda. O massacre foi muito grande: Israel perdeu trinta mil homens de infantaria.

É preciso que os cristãos saibam discernir em suas vidas aquilo que é de essência espiritual e aquilo que está na esfera da ciência.
Deus é o Autor de toda ciência. Ele pode realizar milagres, mas também pode usar os médicos para serem os instrumentos da cura de uma pessoa. Os vários profissionais: médicos, advogados, terapeutas, economistas, entre outros, que se dedicam e estudam por tantos anos se tornam competentes para nos auxiliar em diversas áreas da nossa vida.
Àquilo que é desafio humano, vamos chamar de batalha territorial, uma entrevista de emprego ou promoção na carreira, por exemplo. Àquilo que interfere em sua crença, confronto que está acima de sua capacidade humana, chamamos de batalha espiritual. É vital saber qual batalha estamos enfrentando para usar as armas corretas para enfrentá-las.
O texto bíblico acima relata o momento em que Israel estava travando uma guerra territorial com os filisteus.
Na guerra territorial ganha a pessoa que está melhor preparada. Se você almeja um bom emprego, estudar em boa universidade isso exige dedicação, empenho, força de vontade e muito estudo. Nas batalhas do dia a dia aquele que está melhor preparado conseguirá o êxito.
Na guerra de Israel contra os filisteus cada um foi ao combate com a força que possuíam. E neste primeiro confronto os hebreus perderam. Quatro mil soldados hebreus foram mortos pelos filisteus. Então Israel mudou de estratégia e deixaram de lutar a guerra territorial para começar agora uma guerra espiritual.
Samuel 4:1-2
“1 Os filisteus dispuseram suas forças em linha para enfrentar Israel, e, intensificando-se o combate, Israel foi derrotado pelos filisteus, que mataram cerca de quatro mil deles no campo de batalha. 2 Quando os soldados voltaram ao acampamento, as autoridades de Israel perguntaram: "Por que o Senhor deixou que os filisteus nos derrotassem? Vamos a Siló buscar a arca da aliança do Senhor, para que ele vá conosco e nos salve das mãos de nossos inimigos".
Tem muitas pessoas fazendo exatamente assim, tentam lutar com suas forças e quando não vencem a guerra territorial, resolvem buscam a Deus para uma luta espiritual.
Então os hebreus buscaram a arca da Aliança e trouxeram para o seu arraial, isso encheu os soldados hebreus de auto confiança, eles jubilaram ao ver a arca da Aliança ao ponto de fazerem a terra estremecer. Eles estavam convictos deque agora seriam capazes de vencerem a guerra. Acreditavam que agindo assim Deus estaria batalhando por eles.
A desobediência e o distanciamento do povo em relação a Deus era tão grande ao ponto deles não saberem que tipo de guerra estavam travando, espiritual ou territorial?
Os filisteus por conhecerem e temerem o Deus dos hebreus ficaram com medo e intimidados pois eles sabiam que se o combate fosse territorial eles estavam preparados, mas no âmbito espiritual eles não teriam nenhuma chance e seriam destruídos, porque eles sabiam que Adonai tinha livrado o povo hebreu do Egito com sinais e maravilhas.
O povo inimigo, temia mais ao Deus da arca do que aqueles que estavam com ela. O inimigo tinha mais medo do que Deus podia fazer contra eles do que o povo de Deus certeza do que Deus faria em seu favor, e, a incerteza leva ao precipício. O nosso adversário conhece e teme mais a Deus do que aqueles que dizem ser seu povo.
Ao receber a notícia de que a arca da aliança de Deus estavam com os hebreus e mesmo com medo que estavam e sabendo que a única opção era lutar, os lideres filisteus disseram aos seus soldados: “9 Sejam fortes, filisteus! Sejam homens ou vocês se tornarão escravos dos hebreus, assim como eles foram escravos de vocês. Sejam homens e lutem!"
E os filisteus se dispuseram em ordem de batalha, para sair contra Israel. Tanto o exército israelita, quanto o exército inimigo, sabiam que teriam que lutar, mais o exército do inimigo teve prudência e foi sagaz. Eles se preparam se colocaram ordenadamente, ficaram na posição para guerrear. Enquanto o exército israelita saíra de qualquer jeito, não se preparando porque achavam ser o povo escolhido por Deus, podiam ir aleatoriamente, foram derrotados.
Israel tinha se distanciado de Deus. Os filhos do profeta Eli, Hofni e Finéias profanavam as coisas de Deus eles não tinham temor a Deus. Não adianta querer travar batalha espiritual, se Deus não estiver conosco
Os hebreus perderam a guerra. A arca da Aliança de Deus foi roubada pelos filisteus. Os hebreus naquele dia foram derrotados na guerra territorial e ainda desmoralizados espiritualmente.
Os filisteus colocaram a arca da Aliança dentro do templo de Dagom, ao lado de sua estátua. Como que se pudessem ter vencido o Deus de Israel. No dia seguinte lá estava Dagom caído, rosto em terra, diante da arca do Senhor 1Samuel 5:3
“Depois disso a mão do Senhor pesou sobre o povo de Asdode e dos arredores, trazendo devastação sobre eles e afligindo-os com tumores”. 1 Samuel 5:6
Deus não se deixa escarnecer por ninguém, nem pelo seu povo, nem pelo inimigo! Ele é o Único Deus!
Por onde passava a arca da Aliança de Deus deixava os filisteus em pânico, pois eles sabiam que seriam infectados por tumores e hemorróidas.
Agora os filisteus estavam vivendo a batalha espiritual de verdade. Durante sete meses a arca ficou no meio deles e eles sofreram.
Cansados de tanto sofrimento os filisteus devolvem Arca da Aliança de Deus aos hebreus. Eles ganharam a guerra territorial, mas perderam a guerra espiritual.
Muitas das nossas batalhas territoriais, tentamos lutar com nossas armas e fazer do nosso jeito, e quando somos frustrados procuramos ajuda de Deus achando que Ele tem a obrigação de nos socorrer e lutar por nós.
Tem pessoas que vão à igreja para receber mensagens de autoconfiança do tipo: “Você pode, você é capaz, vai conseguir, você é o cara”.
Como Deus irá batalhar por pessoas desobedientes, que não ouvem e não tem temor a Ele? Se você está querendo usar a Deus como um amuleto, arrependa-se! Caso contrário sofrerá derrotas vergonhosas porque Ele não vai estar nas suas guerras.

Acham que uma mensagem pode enchê-lo de autoconfiança, são desobedientes e não fazem nada o que Deus manda fazer. E no meio da guerra ficam questionando Deus. “Por que Deus não me dá um emprego melhor?”, “Por que Deus não muda minha vida financeira?”, “Por que Deus não muda meu casamento?”. 
Como Deus estará na frente das suas batalhas se você não obedece a vontade dEle.
A ingratidão é tamanha que quando Deus abençoa parece que não fez mais que sua obrigação.
Autoconfiança não é suficiente, os hebreus estavam autoconfiantes, mas não venceram a guerra. Eles não venceram porque não valorizavam a presença de Deus em suas vidas.
Na guerra espiritual o inimigo sabe quais são as suas fraquezas e sendo assim ele nos acusa. Ele gera em você um sentimento ruim, lembranças das suas fraquezas e medo. O inimigo vai te intimidando, ele entra nas tuas fraquezas e te anula. A derrota é certa.
É por isso que precisamos ter um relacionamento verdadeiro, saudável, de obediência e de amor com Deus.
Só assim venceremos. É assim que Deus estará conosco. A certeza de vencer é real, não é só autoconfiança. À medida que vamos nos posicionando vai gerando convicção de fé e confiança em vencer. Eu e Deus estamos caminhando juntos.
Algumas pessoas estão substituem Deus por outras coisas. Não obedecem a Deus. Só querem usar a Deus para vencer a guerra, e quando isso acontece deixa Deus de lado de novo.
Essa história termina com a derrota do povo Israel, mas não com humilhação de Deus.
Essa mensagem tem como objetivo de lhe ensinar que você pode até não ser capaz, mas com Deus vencerá todas as batalhas a serem travadas.
Que essa mensagem gere temor no seu coração.  Desarme-se diante de Deus e abra o teu coração para que Deus possa manifestar o amor em você.

Se você ainda não está vencendo é porque você não trata o Senhor como ele merece ser tratado. Trate o Senhor como prioridade na sua vida e viverá muitas vitórias. Que haja temor ao Senhor em nossos corações.


Igreja do Evangelho Quadrangular do Jd. Palmira e Pari.
Pastor Marlon Góes. (12 de Maio de 2019)